Global Palestras - Palestras, Palestrantes, Mestre de Cerimônia, Celebridades, Presença VIP, Palestrantes Renomados, Palestras Motivacionais, Cases de Sucesso, Motivação, Empresários, Economia, Política, Jogadores de futebol

Buscar Palestras

 
Tema:
 
Palestrante:
 

Deva Pascovicci






Deva Pascovicci
Deva Pascovicci, iniciou a sua carreira aos 13 anos, como operador de som em Rio Preto-SP. Estreou como locutor em 1983 na Rádio Brasil Nova e posteriormente na Onda Nova.

Resolveu dar uma guinada em sua carreira e foi trabalhar fora de São Paulo. Optou em trabalhar no rádio de Rondonópolis e Cuiabá e na capital do Mato Grosso, narrou os jogos pela emissora Vila Real. Em 1987, começou a ganhar destaque na mídia esportiva com seu jeito de narrar basquete na cidade Jales-SP.

Deva conta com saudades como fazia o rádio na raça, vendendo cotas de publicidade por telefone e viajando por todo Brasil acompanhando a equipe de basquete da cidade. Fez tanto sucesso na rádio Cultura de Jales-SP, que foi até para Portaland, no estado de Oregon, nos Estados Unidos, cobrir o pré olímpico de basquete.

Estreou na TV na parceira Osmar Santos e Luque, com o programa a “Grande Jogada”, com os contemporâneos Edu Zebini, Mário Quaranta, Cledir Oliveira, Débora Menezes e Silvio Lancelotti.

Em 1994, se transferiu para o canal a cabo Sportv, como narrador principal e protagonizou a primeira transmissão de Pay Per View do Brasil. No “canal campeão” se celebrizou nas narrações de vôlei, natação, atletismo e principalmente basquete.

Cobriu as Olimpíadas 1996, 2000 e 2004 e as Copas de 1998 e 2002, todos pelo SporTV. Em 2005, se transferiu para Rádio CBN de São Paulo e virou o narrador principal.

Mas infelizmente teve um problema grave em decorrência de um câncer no intestino, com metástase no rim, não pode cobrir a Copa da Alemanha.

Após tratamento de rádio e quimioterapia, precisou de uma cirurgia urgente e devido a destreza e astúcia da Doutora Angelita Giame, do hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, não aconteceu o pior.

A recuperação não foi fácil, pois Deva teve uma infecção generalizada e no final do primeiro tempo do jogo das quartas de final de Brasil e França, na Copa de 2006 entrou em coma e assim, ficou por 30 dias.

Relembrando, Deva, disse que quando acordou a primeira coisa que perguntou para o enfermeiro foi o resultado de Brasil x França. Voltou a trabalhar em março de 2007, sem condição nenhuma e teve problemas novamente com o câncer, que atingiu os pulmões, com metástase no fígado. Mas devido o tratamento do médico Renato Hidalgo vem se recuperando bem e ainda em 2011, fez quimioterapia.

Atualmente tem tido grande notoriedade nas narrações da Central Brasileira de Noticia e influenciando gerações de novos talentos do jornalismo.

Temas de Palestras

- Mestre de Cerimônias
- Jornalistas
- Moderador de Debates
- Esportes
- Futebol



Global Palestras
Global Palestras 2017
Todos Direitos Reservados
Redes Sociais

Facebook Twitter